Uma das etapas mais emocionantes do tour mundial de surf (CT) começou ontem (12), no meio da tarde do domingo de dias dos pais, as casas de surfistas foram invadidas pelo surfe.

por Janaína Pedroso

Dignas de ondas de caderno de desenho, aquelas que desenhávamos durante uma aula chata, as ondas de Teahupoo fazem desta etapa uma das mais emocionantes e belas entre todas as outras paradas do calendário que completa o Tour Mundial.

Praticamente no meio do circuito, o Tahiti Pro Teahupoo é estratégico para os surfistas que miram no título mundial, como é o caso de Filipe Toledo.

O brasileiro parece estar totalmente focado neste objetivo e durante sua primeira apresentação mostrou isso fazendo a maior somatória do Round 1 (15.50).

Italo Ferreira (BRA) avança direto para o Round 3 do Tahiti Pro 2018 Teahupoo. Cestari / WSL

Outra bateria que animou o domingo de dia dos pais foi entre o trio canarinho Medina, Wiggolly Dantas e Tomas Hermes. Sempre muito a vontade nos tubos afiados do Tahiti, Gabriel não só ganhou a bateria como deu um pequeno show com um aéreo básico (#sqn).

Teahupoo está só no começo, tem muita onda e muito tubo pra rolar. A próxima chamada para o evento está programada para às 7h, horário local.

Fortes emoções estão por vir! Quem é seu favorito?!