O Pipe Masters nem bem começou e já tem pano pra manga. Isso porque um vídeo que começou a circular no WhatsApp essa terça-feira, revela briga envolvendo surfista brasileiro.

por Janaína

A treta é antiga e não é de hoje que os brasileiros não são muito bem-vindos em alguns picos do mundo a fora. No Havaí a regra se estende a qualquer um que não seja local. Na gíria do surfe, um haole é aquele que não pertence a determinado lugar.

Michael Rodrigues, surfista brasileiro que ocupa a 14ª colocação no ranking mundial da WSL (CT) foi surpreendido pelo havaiano Tanner Hendrickson, do Havaí, enquanto participava de transmissão ao vivo do OFF.

No vídeo é possível ouvir a voz de um dos âncoras do programa “Havaí 360”, Marcelo Trekinho. “É de tanta zoação, a galera não entende que o moleque não para…”.

Em seguida a fala é interrompida e é possível ver a expressão de susto de Gabriel Pastori, tentando interromper a transmissão, que possibilita ao internauta acompanhar as imagens em diferentes ângulos (360°).

Algumas perguntas que não querem calar: Por que Tanner resolveu partir para a porrada em pleno Pipe Masters? E pior. “Por que ninguém tentou apartar a briga?”

A atitude de Tanner lhe rendeu uma suspensão e a WSL anunciou que vai apurar o caso, mas por enquanto entende que Michael Rodrigues não teve “culpa no cartório”. Por isso, não será impedido de participar do evento, que segue em espera.

Atualizado em 13/12

Trekinho responde

“Infelizmente teve uma briga no nosso ao vivo”. Trekinho se reportou por meio de stories a respeito da confusão. Entre as postagens, o apresentador e ex-atleta explicou do que se tratava a conversa que antecedeu o conflito e motivos pelos quais não conseguiu separar a briga no Havaí.

“Pra galera que está achando que a gente abandonou o Michael, está aí um pouco da história”. Essa briga iria acontecer de qualquer forma, mal ou bem tentei separar”.

O canal emite a seguinte nota:

Ontem durante a nossa live no YouTube presenciamos fatos infelizes que, de maneira alguma, representam o posicionamento ou os valores do Canal OFF.
Somos uma marca 100% dedicada a promover a boa convivência e o respeito entre pessoas das mais diversas culturas. Acreditamos que essa troca é fundamental para evoluirmos, todos os dias, como seres humanos.
Trazemos as lições que aprendemos em diferentes países para os nossos programas, para incentivar mais gente a viver em harmonia e com menos violência física ou psicológica. Por isso, só nos resta um pedido: paz.

A origem da treta

De acordo com fontes próximas ao surfista havaiano o mal estar teve início porque Michael Rodrigues teria puxado o leash (cordinha) de Tanner durante uma disputa do US Open esse ano.

Artigos relacionados

https://origemsurf.folha.uol.com.br/canal-off-anuncia-programacao-exclusiva-durante-billabong-pipemaster/