WSL cancela tour 2020 e anuncia calendário 2021

Enquanto eu dropava a maior onda da minha vida, bastante coisa no mundo do surfe aconteceu.

Italo Ferreira conquistando o título mundial de 2019 na final brasileira com Gabriel Medina em Pipeline (Foto: Tony Heff / WSL via Getty Images)

por Janaína Pedroso

Essa semana, a Liga Mundial de Surfe, WSL, se pronunciou a respeito do futuro do circuito mundial, e como já era de se esperar o torneio deste ano está cancelado. Eu não previa outro cenário, e você?

Em meio a muitas ondas diferentes rolando por aí, afinal teve onda de contaminação, de vírus, de pandemia, teve até tsunami previsto para devastar a economia mundial. Eu renasci literalmente depois de encarar um parto natural e domiciliar, com muitas ondas uterinas.

Mas isso não vem ao caso nesse momento. Ainda estou elaborando o processo em que me meti. Foram 13 horas de trabalho de parto e no dia 10 de julho de 2020 finalmente pude conhecer meu filho. Olhar seu rostinho, agradecer à deusa do Mar, Iemanjá, minha Santa protetora, todos os anjos e deuses, foi tudo como sonhei. Exceto com mais dor do que eu esperava. 

Fica para outra hora então o relato dessa experiência de vida…

Por aqui, vamos recapitular então as notícias que rolaram nos últimos dias, enquanto eu estive completamente mergulhada no meu universo particular, materno, inebriante e surpreendente!

Championship Tour 2020 cancelado

Ora, ora, se até as Olimpíadas foram canceladas, não havia de ser o CT capaz de ocorrer em meio a maior pandemia global dos últimos, sei lá eu, quantos anos.

“Após muita consideração e extensas discussões com nossos principais colaboradores, tomamos a decisão de cancelar as temporadas do Championship Tour e do Qualifying Series esse ano, devido à pandemia da COVID-19”,

Erik Logan, CEO da World Surf League,

E isso é tudo.

Temporada 2021 começa em novembro, no Havaí

Mas os fanáticos por torneios e competições podem respirar aliviados, porque apesar de cancelada a temporada deste ano, o circuito 2021 começa daqui a alguns meses, em novembro.

Barrinha com a Igrejinha de Saquarema que tem sido palco das finais do Oi Rio Pro (Foto: Thiago Diz / WSL via Getty Images)

De acordo com a Liga, a temporada de 2021 começa em novembro para as mulheres, na ilha de Maui, e em dezembro para os homens na ilha de Oahu. 

Mas, isso ainda depende da aprovação do Estado do Havaí e das entidades locais, bem como a situação de restrições às viagens internacionais. 

Mata-mata para decidir o título

Os títulos mundiais de 2021 (masculino e feminino) serão decididos no “The WSL Finals”, um evento único, que será realizado no mês de setembro, fechando a temporada.

Portanto, após o término da temporada, as cinco mulheres e os cinco homens mais bem ranqueados, disputam o mata-mata em algum lugar do mundo, que a WSL ainda não diz qual.

Outras novidades

Mesmo número de etapas no CT masculino e feminino

O CT de 2021 será realizado com o mesmo número de 10 eventos para mulheres e para homens, pela primeira vez na história.

Finalmente, as mulheres juntam-se aos homens, e competem no Taiti, o que não acontecia para elas desde 2006.

Novo calendário dos circuitos

Além do novo formato do CT, o calendário será atualizado para criar temporadas distintas entre o CT e o Challenger Series (CS). 

A partir de 2021, o CS será disputado entre os meses de agosto e dezembro. Já o Qualifying Series (QS), vai de janeiro ao final de junho, determinando os classificados para competir no Challenger Series. Os pontos das etapas do QS disputadas em 2020 serão computados no QS de 2021.

Corte no meio da temporada de 2022

Além dessas mudanças para ano que vem,, um corte no meio da temporada será introduzido para o CT em 2022, reduzindo o número de competidores para a segunda metade do circuito. Desse modo, de 36, serão 24 surfistas na categoria masculina, e de 18, 12 na feminina. 

Os eventos poderão ocorrer nas melhores épocas de swell em lugares como G-Land e J-Bay.

Devido à pandemia, o corte não será implementado até a temporada de 2022, o que significa que todos os qualificados para o CT 2020 surfarão uma temporada completa quando o Tour retornar, no final deste ano.

Que tal, curtiu as mudanças? Qual o nível de saudade que você está do Tour?

beijos e boas ondas 🙂

Autor: origemsurf

Compartilhe esse Post

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *