A WSL, Liga mundial de surfe, anunciou há poucos minutos que a etapa feminina do mundial (CT) está paralisada em função de um ataque de tubarão em Honolua Bay, local onde ocorre o evento.

por Janaína Pedroso

De acordo com o pronunciamento feito por meio das redes sociais, a Liga trabalha em conjunto com autoridades locais e se solidariza com a vítima do ataque.

Fontes garantem que o ataque foi grave, o tubarão teria mordido a perna de um surfista comum.

A etapa Maui Pro estava programada para recomeçar hoje, às 17h, horário de Brasília.

Baía de Honolua. Foto WSL/Divulgação.
A brasileira Tatiana Weston-Webb foi destaque na primeira fase do evento. Foto WSL/Keoki

Leia também