Gabriel Medina anunciou ontem, 24, por meio das redes sociais que não participará da estreia do mundial que ocorre em Pipeline, no Havaí, a partir do dia 29. 

O jornalista Renato de Alexandrino, do Jornal O Globo, havia antecipado a notícia horas antes, porém o motivo ainda permanecia desconhecido. 

Rumores sobre Gabriel Medina não estar vacinado e até uma possível paternidade chegaram a ser cogitados nos bastidores. 

Mas o próprio Gabriel acabou com o suspense quando explicou a razão pela qual sua participação, no aguardado encontro dos melhores surfistas do mundo em Pipeline, não ocorrerá.

 

Gabriel Medina fora de Pipeline. Reprodução Instagram.

Caio Ibelli no lugar de Medina 

O brasileiro Caio Ibelli ocupará a vaga do tricampeão mundial, Gabriel Medina. Nas redes, Ibelli agradeceu a Deus pela oportunidade e não mencionou o colega que está com dores físicas e emocionais. 

Confesso que esperava pelo menos um: “desejo a Gabriel boa recuperação”… mas nadinha de nada.