Feminicídio: surfista de Ubatuba, que teve a mãe morta a facadas, fala com exclusividade!

O primeiro raio de sol apontou no céu. A padaria abriu. O pinguço finalmente dormiu. Tudo parecia ter voltado ao normal na manhã do dia 20 de dezembro. Menos para Açucena, surfista de 19 anos, que ainda acreditava ser a culpada pela morte da mãe. “Não consegui sentir ela perder o pulso, não fiz a massagem […]

Leia mais