Crônica de aniversário na Nazaré das ondas gigantes

Ela abriu os olhos depois de uma noite mal dormida no frio do inverno português. Seria um domingo comum, se não fosse pelo fato de ser seu aniversário. ‘Que preguiça das manhãs geladas sem sol’, pensou. O ânimo do ser humano está quase que diretamente associado às condições do tempo. Tá certo que ainda não […]

Leia mais